fbpx

Vidro: material pesado, cortante e frágil!

Ao observamos uma fachada ou cobertura de vidro, dificilmente imaginamos os intricados trajetos e processos pelo qual aquelas chapas envidraçadas passaram para chegarem intactas até ali. Do chão de fábrica à instalação na obra, o vidro percorre um extenso caminho, ao longo do qual seu transporte, armazenamento e manipulação exigem atenção absoluta.

Da produção à instalação, cada etapa do processo requer uma série de recursos e tecnologias especiais, capazes de garantir agilidade e segurança, além da integridade do material.

Embora possa apresentar alto nível de resistência quando submetido a processamentos específicos, o vidro está entre os materiais construtivos mais frágeis e suscetíveis a impactos. Além de delicado, trata-se de um produto altamente cortante e que apresenta inúmeras particularidades quanto à textura de sua superfície, peso, formato e dimensão das chapas. Exige, portanto, procedimentos e tecnologias específicas para ser manipulado e transportado de forma ágil e segura, sem comprometer o processo produtivo. Para dar conta de tamanho desafio, a indústria de máquinas e equipamentos tem desenvolvido soluções arrojadas, voltadas para uso tanto nas fábricas e processadoras como nas obras.

A automação desses equipamentos tem sido um diferencial importante para garantir a manipulação adequada das chapas. De um modo geral, os principais benefícios estão associados a tecnologias capazes de prevenir acidentes envolvendo tanto o material quanto os profissionais que operam as máquinas. Além disso, como em qualquer equipamento industrial, os recursos visam aumentar a produtividade do chão de fábrica e a agilidade das instalações, tornando o processo de manipulação de cargas pesadas o mais ergonômico.

Nas fábricas, equipamentos específicos são utilizados para movimentação interna, como empilhadeiras e pontes rolantes, que variam de acordo com o tamanho e especificação do produto. A manipulação de chapas no chão de fábrica também costuma ser feita por meio de carregadores automáticos, usados para movimentações mais complexas, como transfers.

O modelo Side Loader EM4L, fabricado pela italiana Italcarrelli e comercializado no Brasil pela Vetro Máquinas, é voltado para movimentação, carga e descarga de cavaletes ou colares. O equipamento foi desenvolvido para garantir agilidade na preparação dos cavaletes de entrega dos vidros fora do caminhão, permitindo transportar o cavalete já carregado para um pátio de manobras fora do galpão, e então carregá-lo diretamente no caminhão, sem a necessidade de docas. O produto também realiza a carga e descarga dos colares de vidro diretamente do caminhão, reduzindo consideravelmente o tempo de operação.
A Italcarrelli, aliás, é referência mundial em soluções automatizadas para manuseio de grandes cargas de vidro no chão de fábrica. Além do Side loader, já mencionado acima, oferece platform transporters (transportadores de plataformas); inloader transporters (transportadores de colares inteiros de vidro); transportadores de vidros embalados para contêineres; transportadores automáticos de chapas da linha de laminação para autoclave, além de diversas soluções sob medida.

vidro
Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
Fechar Menu